A VIDA É PASSAGEIRA

 

De novo é ADVENTO e NATAL. E logo mais o ano de 2018 ficará no passado. Momento oportuno para refletirmos sobre o tempo que passa rapidamente. Uma boa hora para também pensarmos como temos vivido e de remodelar aquilo que precisa ser modificado. E, sem dúvida alguma, hora de agradecer a Deus por tudo que nos aconteceu nesse ano único na nossa vida e de reacender novas esperanças.

Cientes de que o tempo é valioso e deve ser aproveitado co sabedoria e sob a direção de Deus, eis o que nos diz a Primeir Epístola de Pedro capítulo 1, versículo 24: “Todos os sere humanos são como a erva do campo, e a grandeza deles é com a flor da erva. A erva seca, e a flor cai, mas a palavra do Senho dura para sempre.” Esta verdade foi dita primeiramente pelo profet Isaías (40.6-8), muitos séculos antes. O apóstolo Pedro a reafirma constatando a transitoriedade da vida. Ambos nos alertam de que  vida é passageira e passa rapidamente. Um dia nascemos, crescemos, chega o momento de partir... e daí para frente, o que será?

Por isso o alerta para que a luta por conquistas, fama, poder e riquezas terrenas, não nos afastem daquilo que é permanente. As coisas materiais são que nem a erva que seca e a flor que cai. Mas a palavra do Senhor dura para sempre. E esta Palavra nos diz que Deus nos deu, não só um corpo físico, como também uma alma eterna. Todo aquele que “nasceu de novo”, isto é, que recebeu a graça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo, será salvo e viverá eternamente.

 

ampulheta

 

Têm pessoas que se deitam e se levantam como se Deus não existisse e que se acham completamente autossuficientes. Fujamos de tal comportamento. E que ao longo do novo ano Deus continue nos concedendo a bênção do seu amor, a alegria da sua salvação, o conforto do seu perdão e a força do seu poder!

Nesta convicção e firme fé, celebremos alegremente o Advento e o Natal deste Ser Especial que o profeta Isaías, há mais de 700 anos já anunciara, dizendo: “Pois já nasceu uma criança, Deus nos mandou um menino que será o nosso rei. Ele será chamado de “Conselheiro Maravilhoso”, “Deus Poderoso”, “Pai Eterno”, “Príncipe da Paz”. (Is. 9.6).

Cientes de que a nossa permanência nesta vida terrena é transitória e confiantes de que a vida eterna COM CRISTO é incomparavelmente melhor, permaneçamos alertas na fé e vigilantes na oração, esperançosos da herança dos céus, por graça de Deus.

                  

Pastor Alaor G. Santos